quinta-feira, abril 27, 2006

Guerrilheiros Urbanos

O: E tabaco? Tens fumado?
U: Dois maços por dia.
O: Bom. Bom. Dois maços por dia é bom.
U: Ando a tentar subir para três, mas fico com a garganta toda lixada.
O: Dois já não é mau.
U: Acho que, se conseguir chegar a três, vou acabar por ficar com a boca dormente.
O: Isso era óptimo.
U: Era fantástico. A partir daí, podia fumar quatro, cinco maços, à vontade.
O: Se tiveres força de vontade...
U: Estou a tentar, pá. Já nem sinto os dentes, sabes? Quando passo com a língua por eles, parecem estradas de alcatrão.
O: Óptimo, óptimo. E quanto à dieta?
U: O costume. Abusar do sal, da gordura e dos fritos. Tenho as veias completamente entupidas.
O: Desde que te conheci pá, sempre soube que eras o que ia mais longe. Que não eras como os outros gajos.
U: E tenho passado os dias ao sol, sem protector solar. A pele caiu-me três vezes numa semana.
O: Eu reparei. Estás bronzeado.
U: E pronto, é isso.
O: Não quero ser demasiado optimista mas, se continuares assim, acho que em menos de um ano...
U: Achas mesmo?
O: Se tudo correr bem, não vejo porque não.
U: Isso era...
O: ...fantástico...
U: Nunca pensei que...
O: Sempre foste o mais decidido...
U: Nem imaginas o quanto...
O: Só tens razões para estar orgulhoso...
U: ...isto é importante para mim...
O: ...para nós...
(um segundo de silêncio)
U: Achas que as pessoas vão perceber?
O: Talvez não agora. É muito cedo para elas. Mas em breve.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

/body>